Moda

Originalidade da Louloux ganha exposição no Museu Nacional do Calçado

16 de maio de 2015

A marca de calçados colecionáveis Louloux se destaca pela sustentabilidade no seu processo produtivo – com exceção da linha e da cola, todos os materiais são reutilizados do excedente da produção de outras marcas. E é a originalidade desses sapatos que marca a exposição do Museu Nacional do Calçado (MNC), Ressignificando Excessos. A mostra, que foi aberta à visitação no dia 11 de maio, também integra a 13ª Semana Nacional dos Museus, que acontece de 18 a 24 de maio. Fazem parte da exposição diversos produtos da grife.

Exposição Louloux VI

Na abertura da exposição, da esquerda para a direita: José Fuhr (cortador na Louloux), Claudiomar Matias da Silva (cortador na Louloux), Everton Borges da Silva (cortador na Louloux), Elvira da Silva Veiga (chanfradeira na Louloux), Ida Thon (coordenadora do Museu Nacional do Calçado e curadora da exposição), Aline Fenker (diretora de marketing da Louloux), Cristiano Bronzatto (idealizador e designer da Louloux), Braulino Madeira (responsável pela parte de montagem na Louloux), Marcelo Viana (modelista na Louloux) e Jairo Strassburger (responsável pela áre de eventos da Feevale)

 

EXposição Louloux V

Exposição Louloux

A Loloux

Criada em 2005 pelo designer Cristiano Bronzatto, além do forte apelo visual baseado em cores contrastantes e recortes, a exclusividade é o ponto alto da Louloux: cada modelo é produzido em uma tiragem limitada. Com uma grade de produção por peça reduzida, a variedade de modelos é vasta – toda semana, durante todo o ano, o site e as lojas recebem novos produtos. A Louloux possui um DNA próprio e se destaca por ser contra a cultura de cópia que predomina no mercado do Brasil. A empresa acredita que o design brasileiro possui qualidade e originalidade para se tornar referência de estilo, e não ser escravizado pelo mercado internacional.

A grife já esteve presente como convidada nas mais importantes feiras de design do mundo como a Brazil Fashion Now em Tóquio, MICAM em Milão, Pitti Uomo em Florença e Première Classe em Paris. Em outubro de 2013, participou do Be Brasil, em Nova York. Atualmente, conta com a loja virtual (www.louloux.com.br) que atende a todo o Brasil, e duas lojas físicas: uma em Porto Alegre/RS e outra em São Paulo/SP.

O Museu Nacional do Calçado

O Museu Nacional do Calçado (MNC) conserva a memória da atividade coureiro-calçadista do país. Está localizado no Campus I da Universidade Feevale, reunindo um vasto acervo, com calçados desde o século XII, além de sandálias gregas antigas. O espaço também se propõe promover exposições, cursos, seminários, palestras, encontros, concursos, lançamentos de moda e visitações dirigidas.

 

Serviço:

O que?

Exposição Ressignificando Excessos, com curadoria de Ida Helena Thön

 

Onde?

Museu Nacional do Calçado – Câmpus I da Universidade Feevale (Av. Dr. Maurício Cardoso, 510, Novo Hamburgo, RS)

Quando?

De 11 de maio até início de julho

De segunda a sexta-feira das 14 às 18h e das 19 às 22h e, aos sábados, das 9h às 12h

Mais informações:

https://www.facebook.com/mncalcado

(51) 3584-7101

 

Você pode gostar também