Gastronomia

GASTRONOMIA | OS PRESENTES DE PÁSCOA PREFERIDOS – por Carollyne Spindler

12 de abril de 2017

O domingo de páscoa é uma data que costuma trazer ótimas lembranças… A expectativa pelos ovos de chocolate (e o que mais estivesse dentro do ninho) começava semanas antes do feriado durante a infância. Na escola, pintávamos cascas de ovos e fazíamos cartões para a família com ramos de Macela e barba de pau, que naquela época se encontravam facilmente na beira de qualquer estrada. Já na casa da vó, fazíamos amendoim com açúcar para preencher as cascas de ovos, e ovos cozidos coloridos – enrolando papel crepom molhado nas cascas. Alguém mais lembra disso?

A melhor parte das minhas lembranças é a caça ao ninho. Acordar no domingo de páscoa, de manhã bem cedo, e sair em busca das pegadas do coelho. Sim, minha mãe fazia pegadas com Maizena ou pó de giz dando pistas de onde encontrar os ninhos, e cada pegada encontrada fazia o coração bater mais forte. Que ovos estariam lá? De Bibs? Da Barbie? Chokito (meu favorito na época)? “Leite condensado caramelizado com flocos crocantes coberto por um delicioso chocolate Nestlé.” Essa frase está mais gravada na minha mente que a música do Big Mac…

Lembro que nossos ninhos eram uma festa: ovos, pelo menos dois grandes e muitos pequenos, bombons, barras, balas e chicletes (Huevitos!), e nunca faltava um coelho de chocolate também. Imagino que naquela época não houvesse tanta preocupação (nem conhecimento) à respeito de calorias e gordura trans. O ninho era tão farto que as vezes durava meses… Bons tempos!

Nos dias de hoje, as opções de presente mudaram bastante. A preocupação com a saúde diminuiu drasticamente o consumo de chocolates nesta época do ano. Apesar de ainda serem o campeão de vendas, hoje aparecem em tamanhos mais modestos – e nada de ninho. Um chocolate apenas já dá conta do recado!

Abaixo indico à vocês alguns produtos que estão com força total nesta páscoa, e onde encontrá-los aqui na região:

1.Chocolates de Origem
Em uma época onde somos extremamente privados de experiências sensoriais, consumindo produtos altamente industrializados e que não instigam nosso paladar, degustar um chocolate de origem tem seu valor. Produzidos com cacau de uma única região, tem sabores e aromas bem mais complexos que os tradicionais chocolates “ao leite”. No Pancetta – Mercado Gourmet – tem diversas opções, nacionais e importadas, desde barras até ovos e drágeas.

2. Ovos 70% Cacau

Ainda não foi nesta páscoa que lançaram os ovos FIT ou com WHEY PROTEIN (mas na próxima certamente o farão). Quem está na dieta ou com foco no condicionamento físico, sabe que os únicos chocolates liberados pela maioria dos nutricionistas são aqueles que possuem acima de 70% de cacau em sua composição. A marca Artesana, de Novo Hamburgo, produz ovos utilizando ingredientes de altíssima qualidade, e tem ovos de chocolate amargo em sua loja.

3. Ovos com recheio de sobremesa
Engraçado né? Para mim, ovo de crème brulée é tipo pizza de sorvete – uma invenção que une duas delícias – mas que não tem nada a ver uma com a outra. Parece que estou sozinha na multidão: os ovos recheados com diferentes tipos de sobremesa, como petit gateau, brigadeiro ou mousse de limão são os campeões de vendas da Cacau Show, que tem três lojas em Novo Hamburgo.

Depois dessas dicas não tem desculpa para deixar ninguém sem presente. Corre que ainda dá tempo de fazer as comprinhas de páscoa e deixar a vida de todos mais doce! Ah, para o amigo FIT ainda dá tempo de cozinhar alguns ovos e pintar com papel crepom… Hehehehe!

Feliz Páscoa!
Beijos (lambuzados de chocolate),
Caroll

Você pode gostar também