Reflexão

REFLEXÃO | Mães, imprescindíveis! Por Dra Silvana Leonel

12 de maio de 2017

O dia é delas, Mães! E o que é ser mãe? Qual o significado desta data para você?

Nesta época, são tantas as homenagens, depoimentos e declarações de amor de todas as partes que me vejo refletindo na profundidade desta mobilização.

Eu moro há quase dois mil quilômetros de distância da minha mãe e, nos últimos vinte anos, não passei esta data com ela mais do que três ou quatro vezes. Sei o quanto isso me faz falta e sei também o quanto isso lhe faz falta. Mas neste ano ela estará em minha casa no dia das mães e o que posso sentir sobre isso se resume à palavra GRATIDÃO!

Você tem sua mãe sempre ao seu lado? Você pode abraçá-la todas as vezes que tem vontade? Você é um privilegiado e espero que já saiba disso.

Contrariando os poetas, penso que ser mãe é muito fácil e prazeroso, o difícil mesmo é ser filho. Ser filho é ser aquela pessoa que valoriza os mimos tanto quanto os puxões de orelha, que aplaude os presentes tanto quanto os castigos, que agradece os sorrisos tanto quanto as lágrimas. Aí vejo que ser filho é fácil, ser um bom filho é que é difícil.

Ser um bom filho é ser aquela pessoa que se antecipa e prevendo as preocupações da mãe, ameniza-as com telefonemas, envia mensagens, avisa os atrasos, explica os sumiços. Mais um passo e concluo que ser um bom filho é fácil, difícil mesmo é ser aquele filho que toda mãe espera que sejamos, bem, aí é missão quase impossível…

Mas o que todas as mães realmente esperam de nós? Descobri esse segredo há alguns poucos anos e já vou compartilhar com vocês. O que todas as mães esperam dos filhos é uma única coisa, simplesmente que entendamos as razões de suas aflições e as ações que decorrem disso. Elas nos amam tanto que gostariam que fôssemos totalmente imunes à dor e, invariavelmente, felizes.

Posto impossível, sofrem! E se afligem por nós mais do que se comprazem com a própria vida.

Fato é que nós só entendemos isso, anos mais tarde, quando também nos tornamos mães e pais, quando os papéis, então, se invertem. Somos assim mesmo, aprendemos mais pela experiência do que pelas explicações. E seguindo esta verdade, enquanto filhos que somos, agradecemos e homenageamos todas as mães neste dia, cumprindo ritos e calendários.

Porém, para aqueles filhos que, como eu, já se tornaram mães (e pais), o agradecimento é muito maior e mais significativo porque vem repleto de entendimento… Nós hoje sabemos o porquê das coisas, somos do clube, fomos iniciadas na função.

Por isso, escutem mães, VOCÊS SÃO DEMAIS e o nosso maior orgulho é saber que, mesmo quando esperneamos, seguimos seus passos em quase tudo e quase o tempo todo. Cada mãe é para um filho o que há de melhor neste mundo: colo, abrigo, esteio, luz, lição e acolhimento! Por isso vocês são únicas para nós, IMPRESCINDÍVEIS!

PARABÉNS a todas as MÃES, de cada um de nós! Estejam sempre conosco, nos perdoando as imperfeições e acalentando nossas emoções que insistem em depender de vocês.

Com as bênçãos de Deus sejam mais felizes neste dia, perpetuando todo este amor e ternura em nossas almas aprendizes! E parabéns a você mamãe, minha mestra e amiga, sinônimo de alegria e generosidade!

Você pode gostar também