Viagem

VIAGEM | FERNANDO DE NORONHA, SIMPLICIDADE QUE TRAZ FELICIDADE! Por Marla França

5 de julho de 2017

Super dica para quem está preparando o roteiro para as férias de inverno!

A empolgação é grande diante da descoberta que Fernando de Noronha proporciona. Que lugar, que energia!!!!

Até hoje, o lugar mais bonito que já conheci dentro do Brasil. Talvez fora dele também… Não só pelas praias monumentais (ou até mesmo pela praia avaliada como a mais bonita do mundo – Praia do Sancho), ou pelos restaurantes com gastronomia ímpar, ou pela simplicidade que realmente traz felicidade… É o conjunto da obra que faz Fernando de Noronha um dos paraísos na Terra. A dica do ano é: invista em conhecer Fernando de Noronha! Você não vai se arrepender.

Por aqui a vibe e as roupas são leves, o contato é com a natureza e o desapego precisa ser sentido – nem que seja um pouquinho! Faz parte do jogo… e vai por mim, vale a pena. Não é preciso se preocupar com segurança. Em Noronha não é comum ter assaltos, furtos ou qualquer tipo de violência. O povo é alegre e receptivo e com certeza durante sua estada algum surfista vai te pedir carona para subir ou descer os vários morros que vão para as praias. E o mais delicioso: as praias não são lotadas, já que existe um limite de pessoas por vez na Ilha, o que faz com que você consiga curtir o paraíso com ainda mais tranquilidade e paz.

No primeiro dia fizemos um “ilha tour”, muito útil para se ter noção geral das diversas praias e principais cantinhos da ilha. Noronha é pequeno e poucas horas já é possível ter explorado boa parte. Nosso guia foi indicado pelo hotel – Pousada Zé Maria – uma das mais bem recomendadas. O conforto de um hotel de luxo dentro de uma ilha paradisíaca é bom, mas confesso, não é o essencial. Existem várias pousadas pequenas e aconchegantes capazes de trazerem ótimas experiências. Em Noronha não é preciso muito para ser feliz, mesmo!

Foi no ilha tour que iniciamos a nossa aventura marinha. O guia nos levou até a Praia do Sueste, uma das mais tranquilas para iniciar mergulho. Com os devidos equipamentos de snorkel, iniciamos um mergulho de leve para ver os peixes e corais. A experiência é inesquecível.

No dia seguinte, alugamos um barco de pescador local (tour privado e em reserva através do hotel) e fomos em busca dos golfinhos. Neste momento está a sensação mais gratificante do lugar: ver os golfinhos pulando felizes e livres em volta do barco. Depois disso, Dipeto – nosso “marinheiro” –  estacionou o barco na Praia do Porto, pescou um peixe e fez ali mesmo nosso almoço, enquanto víamos passar próximo ao barco tartarugas, arraias e peixes gigantes.

Outra experiência vivida neste dia foi o mergulho com a prancha sub-aquática em alto mar, que presa ao barco vai te puxando enquanto é possível observar a vida marinha. Neste passeio, é possível ver tubarões, tartarugas e diversas espécies de peixes. Confesso que dá um medinho, mas vale a experiência.

Mas a paixão por Noronha nos pega também pelo estômago: restaurantes com gastronomia de ponta completam o lugar. Não deixe de ir ver o porto do sol no Mergulhão e aproveitar para jantar, ou de almoçar no restaurante Varanda e de fazer qualquer uma das refeições no restaurante da Pousada Zé Maria – e principalmente – reserve com antecedência para participar do Festival de Gastronomia do Zé Maria. Pensem em todos os pratos do cardápio e mais alguns em um buffet gigantesco, no qual normalmente os pratos são apresentados pelo dono da casa. No dia em que fomos, tivemos a surpresa de serem apresentados pelo ator e sócio da pousada, Bruno Gagliasso, acompanhado na esposa Gio Enwbank e somado a presença do modelo Paulo Zulu. É muito comum a ilha ser refúgio dos famoso, justamente pela limitação de pessoas por lá.

Buffet do Festival Zé Maria

Para se locomover na ilha, alugue um buggie. A maioria deles são um pouco “acabadinhos”, mas cumprem a função. Neste caso, seja solidário e dê carona para os surfistas, ok?! Algumas peças diferenciadas de roupas e chapéus podem ser comprados na loja O Pico, vale levar uma recordação.

O pôr do sol deve ser visto do Mirante do Boldró – mas chegue cedo para pegar vista da frente e da Praia da Conceição. As praias preferidas foram: Sancho, Conceição, do Leão e Cacimba do Padre. Do Mirante da Baía dos Porcos é possível tirar uma das fotos mais bonitas do Morro Dois Irmãos – cartão postal de Noronha. Vá também nas piscinas naturais formadas por rochas – sem medo.

Pôr do sol no Mirante do Boldró

Por fim, aproveite para usar chinelo, roupas simples e curtir Fernando de Noronha – um dos lugares mais maravilhosos que já conheci.

Gosta de viagens? Me acompanha na @namaladamarla no instagram e aproveita para ir comigo para a Itália de agosto deste ano.

 

Você pode gostar também