Empreendedorismo, Eventos

EMPREENDEDORISMO | MODA (e negócios) COM PROPÓSITO! Por Lu Haubrich

13 de julho de 2017

Estamos ouvindo falar muito por aí de uma grande mudança de paradigma e comportamento. Um movimento de conscientização das pessoas em relação ao futuro, não só no viés do meio ambiente, mas das formas de viver de um modo geral, surgiu com o intuito de salvar nosso planeta e criar formas de vida sustentáveis e que garantam qualidade de vida e evolução para todos.

A qualidade de vida que estamos buscando começa no dia a dia, nos nossos hábitos, nos nossos gestos. Antes de tudo, a vontade de mudar, de crescer, de evoluir, vem de um colapso na forma de ver as coisas ao redor, e de acreditar que, se não diminuirmos o ritmo, o nosso mundo tem data de validade.

Todo esse movimento e mudanças que vêm ocorrendo nas relações humanas – seja na forma de se comunicar, relacionar, consumir ou trabalhar – tem impactos sociais e pessoais na vida das pessoas e comunidade. A adaptação a esse novo pensamento é um desafio para as gerações passadas, e a velocidade com que as coisas mudam e se reestruturam assusta.

A nova realidade, sob um ponto de vista de mercado e negócios, fez o empreendedorismo atual nascer com uma nova cara e com uma nova proposta: a do propósito. Muito além de ser ambientalmente consciente e sustentável, os novos empreendimentos vêm com um propósito por trás, seja humano, ambiental, social. A nova geração, os jovens que estão entrando no mercado de trabalho, não querem mais trabalhar sem saber que estão trazendo algo de bom para o mundo e querem de fato fazer a diferença na vida das pessoas e na sociedade em que estão inseridos. As empresas existentes, que possuem uma forma de funcionamento e de gerenciamento mais antiga, estão tendo que se adaptar à realidade dos novos profissionais e abrir mão da exigência exacerbada e imposta dentro das organizações.

Trazendo essa realidade para o mundo da moda – que é onde esse debate geralmente começa, por bater de frente com as mudanças nas formas de se expressar e consumir – nos deparamos com uma quebra grande nos hábitos de consumo e de valorização das peças. As pessoas mudam, aos poucos, a concepção de que moda de luxo é a cara e que a compra de fast fashion nos ajuda a economizar e nos permite renovar o guarda roupa a cada mês – afinal, por que gastar muito em uma peça que, na semana seguinte, já vou ter enjoado?! Ou, pior ainda, já vou ter postado uma foto no meu perfil do instagram usando ela?! (sim, isso existe).

Essas mudanças são visíveis agora na onda de bazares de rua, que enchem o público de amor pelos produtos artesanais, e pelo grande número de brechós por aí. Além dos espaços de co-workings e apps que permitem a divulgação de aluguel de quartos desocupados nas casas, carros, objetos e tudo o mais que temos parado em nossas casas.

360i London – espaço de co-working

A era do compartilhamento chegou (ou voltou?) e a parte mais legal é ver a colaboração entre marcas, pessoas e empresas. Se temos espaço, tempo, estrutura e energia de sobra, por que não nos unirmos por algo maior, por algo onde cada um tem um espacinho pra colocar sua criatividade e amor pelo que faz?! As novas marcas que estão aos poucos brotando e se destacando, são, sim, as que tem propósito, as que trazem personalidade pro consumidor, as que tem um objetivo maior do que vestir ou ter uma utilidade. São as que valorizam, cuidam, prezam pela qualidade. Não só do acabamento, da costura, do design – mas a qualidade do serviço, da vida das pessoas envolvidas e da própria, que tem produtos com um timing mais lento e uma vida útil maior. A ideia de que, pra estar na moda, precisamos investir toda a semana nosso tempo e dinheiro para adquirir mais e mais produtos, caiu por terra. Pelo lado de quem produz, o desgaste e a criatividade para pensar e criar novos modelos que serão lançados todos os dias nas vitrines é possível?! E com qualidade de vida?!

Open Feira de Design – Porto Alegre

O recém lançado livro “Moda com Propósito”, trás, em seu início, uma passagem citada por Caroline Joy Rector, autora do blog Unfancy:

“Recentemente eu olhei em volta e vi que todas as coisas que tinha acumulado precisavam do meu tempo e da minha atenção. Me perguntei se não poderia trocar todas elas por mais tempo e alegria. […] E, ao ter menos, senti que tinha mais.”

Acredito muito nessa nova forma de relacionamento e de comércio. O fato de estarmos no início deste despertar de consciência e de mudança de paradigmas dificulta um pouco o lado dos pequenos produtores. Porém, com a força das pessoas que acreditam e que já praticam esse tipo de consumo, a tendência do mercado artesanal e colaborativo crescer é grande.

Cabe a cada um, agora, olhar para si, e enxergar o que estamos consumindo, as coisas que estamos valorizando. É essencial?! É necessário?! Está fazendo bem a todos os envolvidos?! É uma bora hora para mudar, ajudar, entrar no clima da colaboração. Afinal, juntos, todos iremos mais longe.

Aproveito para indicar alguns bazares que prestigiam marcas locais e que ajudam a promover essa colaboração e, a cada edição, atraem mais pessoas!

Em Porto Alegre:

Open Design: Feira que acontece todos os meses. A próxima edição ocorrerá no dia 12 de agosto, no Pátio Ivo Rizzo, em frente ao shopping Moinhos de Vento. O bazar é cheio de marcas de bom gosto e em um espaço de fácil acesso e cheio de lugarzinhos legais pra aproveitar e tomar um café na passagem pela feira.

https://www.openfeiradesign.com/

https://www.facebook.com/openfeiradesign/?fref=ts

Café com Bazar: A café com Bazar acontecerá no dia 5 de agosto, na Casa Prado, também no Moinhos de Vento. O legal desse bazar é que, a cada mês, ele é realizado em um café diferente em Porto Alegre! A cada edição, podemos conhecer um lugarzinho novo e aproveitar pra conferir as novidades das marcas que fazem parte de cada uma delas.

https://www.facebook.com/events/642963122568568/?fref=ts

Feira Multipalco: Realizada no Teatro São Pedro, a feira Multipalco reúne também marcas locais e movimenta bastante o pátio do Teatro. Vale a pena conferir!

https://www.facebook.com/feiramultipalco/?fref=ts

Em Novo Hamburgo:

Pólen Eventos: A Pólen também abre espaço pra marcas da região exporem seus produtos em uma feirinha super alto astral e com muita novidade. Estamos no aguardo das próximas edições, que acontecem sempre na Rua Araguaia, em Novo Hamburgo.

https://www.facebook.com/poleneventos/?fref=ts

Espaço Castellamare: no espaço Castellamare são realizados alguns eventos abertos ao público que trazem parceiros de fora pra trazerem novidades na área de moda, acessórios, alimentação, e muito mais. O próximo acontece, inclusive, nesse sábado! Fica a dica pra quem quer conhecer:

https://www.facebook.com/events/1871291886445215/?acontext=%7B%22ref%22%3A%2222%22%2C%22feed_story_type%22%3A%2222%22%2C%22action_history%22%3A%22null%22%7D&pnref=story

Com amor,

Luciana Haubrich

Você pode gostar também