Reflexão, Saúde & Bem-estar

BEM ESTAR | COMO SOBREVIVER AO STRESS DO FINAL DO ANO, POR ALINE FURLAN

27 de novembro de 2017

E mais um ano está chegando ao fim. Foi dada a largada para os preparativos das festas, decorações, compras natalinas e planejamento de férias… Deveriam ser momentos de animação e alegria, mas para a grande maioria é a época mais estressante do ano. Parece que todos estão numa corrida maluca com tantos afazeres, confraternizações, ida ao shopping, sem falar nas crianças que estão prestes a entrar em férias. Com pouco tempo sobrando, as atividades físicas já estão em período de espera para o próximo ano e a alimentação nem se fala… Em meio a tantos eventos e pouco tempo de planejamento, ela acaba ficando em segundo plano.

Então como sobreviver a tudo isto?

CALMA é a palavra chave!!! Mesmo que seu trabalho seja cansativo e estressante, ao chegar em casa deixe os problemas lá fora e dê atenção às pessoas que  estão à sua volta. Mesmo que o tempo em casa muitas vezes seja curto, o importante é a qualidade com que você o aproveita ao lado de quem você ama.

Se a ida às compras é um momento estressante para você, tente fazer disto algo divertido com a família, filhos ou amigos. Muitos acabam dando valor apenas “aos presentes” do Natal, e este não é o espírito… O seu tempo e sua atenção são bem mais importantes para as pessoas do que algo material que você irá comprar. Lembre-se que um presentinho é sempre bem vindo, mas com certeza, não é isto que irão guardar na memória sobre você.

Mesmo sabendo que seja difícil cuidar a alimentação em meio a tantos eventos, tente manter hábitos alimentares saudáveis. Ainda mais que estamos entrando no verão, onde o calor nos leva a comer menos e procurarmos alimentos com maior quantidade de água. Então dê prioridade as frutas, verduras, grãos integrais, iogurtes magros e proteínas de boa qualidade. Nas festas, tente controlar a quantidade e faça escolhas conscientes. A desculpa da falta de tempo para atividade física também não vale… Mesmo com a frequência reduzida, continue se exercitando ao menos três vezes na semana. Além de todos benefícios para a saúde, ainda melhoraram o humor e a ansiedade.

Reconheça e crie limites. Às vezes a coisa mais saudável de podemos fazer por nós é nos afastarmos do que nos faz mal… Não guarde mágoas ou rancores. Perdoe mais… Lembre-se de que todos estão fazendo o melhor que podem com as ferramentas que possuem. Em vez de culpar ou julgar, use isso como uma oportunidade para praticar a compaixão. Faça o seu melhor para entender as pessoas a sua volta.

E por fim, lembre-se que este é um momento de reflexão e balanço do ano que está terminado… O que você fez para melhorar sua vida este ano? Para evoluir como ser humano? Conseguiu cumprir as metas que traçou? Saiba que pequenas mudanças fazem toda a diferença na vida. Então encare o final do ano e as festas com tranquilidade, alegria e leveza e priorize o que é realmente importante em sua vida, olhando para o futuro com otimismo, esperando por dias melhores ainda.

Você pode gostar também