Saúde & Bem-estar

SÁUDE & BEM ESTAR | COMER É BOM DEMAIS, POR ALINE FURLAN

2 de outubro de 2018

Tem coisa melhor do que reunir a família em volta de uma mesa para compartilhar conversas e uma boa comida? Marcar um café ou chimarrão com uma amiga para colocar o papo em dia? E quase sempre acompanhado de um lanche para deixar tudo ainda mais gostoso! Eu…. adoro aquele cheirinho de churrasco de domingo! Não tem como negar que os alimentos estão associados à sentimentos pois estão presentes em muitos momentos marcantes em nossas vidas. Além disto, a gastronomia é uma arte, onde ingredientes são transformados de forma tão magnífica. Eu sou curiosa e adoro cozinhar, descobrir novas receitas e sabores, conhecer restaurantes e comidas típicas de lugares diferentes. Então não tem como não amar a comida, pois nos dá prazer, nos identifica e nos nutre.

O fato é que hoje muitas pessoas têm uma relação distorcida com a comida. Muitos não conseguem apreciá-la com moderação e se tornam escravos dela. Ou do lado oposto da situação, começam a restringir e achar que tudo é proibido, ou supervalorizar alimentos considerados “bons” e demonizar os alimentos que são ditos “ruins”. Escuto relatos de alguns pacientes que deixam de ir a eventos sociais por causa da comida, ficam aterrorizados quando recebem um convite para uma festa de aniversário de criança ou para comer uma pizza com os amigos. Ou sentem culpa se comem algo que não “deveriam” comer… Enfim, isso tudo me deixa triste, porque comer é algo bom!!! A comida passou a ser um problema e não uma solução, já que ela é nosso combustível para nos manter vivos. Assim sendo, o prazer associado à comida não é apenas por ser um ato social, mas também fisiológico .

Semelhante a evolução humana, aconteceu a evolução na alimentação e na gastronomia!!! Nunca se viu tantos programas sobre culinária na TV, blogs e livros a respeito do assunto. Uma variedade de restaurantes onde é possível apreciar a gastronomia de diversos países. A indústria alimentícia também tem nos proporcionado uma infinidade de novos ingredientes, bem como a globalização nos trouxe uma diversidade de ervas, temperos e especiarias de vários lugares do globo terrestre. Hoje conseguimos ir a feira ou ao supermercado e encontrar frutas e verduras típicas de outras regiões do Brasil, nos possibilitando degustar seus sabores, texturas e nutrientes.

 

 

Desejo que se alimentar seja para você um prazer, não um sacrifício onde tudo é restrito e proibido ou que você se torture e adoeça comendo até passar mal. Desejo que você se respeite, se ame, escute seu corpo e acima de tudo respeite seus limites. Desejo que você aprenda a ver na comida uma oportunidade de ser mais saudável através da escolha de alimentos que favoreçam sua saúde e que tenha equilíbrio ao comer guloseimas. Precisamos deste combustível tão precioso e lindo que é o alimento e cada vez mais temos certeza que “somos aquilo que comemos”. Isto se reflete tanto fisicamente, como emocionalmente.

 

www.alinefurlan.com.br

Você pode gostar também