Beleza

BELEZA | PROCEDIMENTOS ESTÉTICOS FACIAIS, QUEM NUNCA? POR CAROL MACHADO

23 de outubro de 2018

No auge dos meus 31 anos, me deparei desconfortável com alguns detalhes na aparência do meu rosto! Sempre fui desencanada, mas vaidosa! Curto uma limpeza de pele, um peeling de vez em quando…

Mas quando vi um segundo queixo crescendo no meu rosto, pensei: o que farei?!?!

 

Fui correndo em algumas clínicas estéticas para saber qual seria a melhor solução! Logo conheci as profissionais Daniela Nunes e a Juliana França que me acolheram maravilhosamente bem na Clinishape!

 

A Dr. Daniele sugeriu a mesoterapia, um tratamento menos invasivo e com resultado maravilhoso!!!

 

“Pra quem não sabe, a mesoterapia  (aplicação de enzimas e outras medicações), chamada também de intradermoterapia é uma técnica de origem francesa amplamente utilizada na medicina estética por se tratar de um procedimento minimamente invasivo, capaz de promover a queima de gordura localizada, combate à celulite e indução na formação de colágeno, no combate à flacidez”.

 

Basicamente, é a aplicação direta de alguma mescla (diferentes classes de medicações para fins específicos) na camada dérmica da pele (logo abaixo da epiderme) ou no tecido adiposo (abaixo da pele) diretamente na região em que se deseja tratar.

O principal benefício é atuar diretamente em uma determinada região, sem que outros órgãos sejam afetados e seu efeito seja disperso pelo corpo todo no geral.

 

“As mesclas a serem administradas dependem sempre de qual parte do corpo deseja-se atingir e qual o tipo e intensidade do problema, seja gordura localizada, celulite em seus diversos graus, flacidez no corpo e na face e até estrias vermelhas ou brancas.” Explica Dr. Daniela!

 

Confere o antes e depois:

Antes

Depois

Só eu sei o quanto amei muitooo o resultado do tratamento e super recomento, pela praticidade de realizar e resultado eficaz!

 

Espero que esse post tenha esclarecido algumas dúvidas de vocês!!!

Fonte de pesquisa: site Mundo Boa Forma.

Você pode gostar também